Deus ama os humildes de coração

Por: Rev. Clóvis Fernandes

“O Senhor eleva os humildes, e abate os ímpios até à terra”.

Salmos 147:6

Deus ama os humildes de coração, pois se tornaram semelhantes ao Jesus Cristo e, toda a transformação pessoal ocorrente em nossas vidas que a leva a ser transformada a semelhança de Cristo agrada ao nosso Deus. Se você procura uma forma de agradar Deus o primeiro passo é pedi a Deus que o Espírito Santo o transforme e o conserve com um coração humilde.

A humildade é uma evidência da salvação

“Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo”. (João 13:8)

A última lição do Senhor Jesus foi ato de lavar os pés dos seus discípulos. O Senhor Jesus está evidenciando sua verdadeira humildade e a reação de Pedro demonstra o quão distante os discípulos ainda estavam do Mestre. Ainda hoje muitos irmãos em Cristo sofrem com a falta de humildade. Mesmo que  uma humildade forçada seja exteriorizada o que vale é a que provém de um coração que foi lavado e remido pelo sangue de Jesus!

Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo. A purificação que o Senhor Jesus propõe é diária, quem rejeita a purificação de Cristo não tem parte com ele.

 Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça. (João 13:9) Ao saber do que se tratava a purificação Pedro pede um banho completo! Pode parecer ingênuo, mas Pedro queria ser lavado pelo Senhor Jesus para ter ainda maior comunhão com o Mestre! Que esta ingenuidade semelhante de uma criança tome conta dos nossos corações!  

Disse-lhe Jesus: Aquele que está lavado não necessita de lavar senão os pés, pois no mais todo está limpo. Ora vós estais limpos, mas não todos. (João 13:10). Jesus declara que seus discípulos estão salvos com exceção de Judas Iscariotes. Quando o crente é salvo por Jesus ele não precisa se preocupar com lavar da regeneração que acontece uma só vez em cada converso, o que é necessário é busca pela purificação diária em Cristo.

Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.  (João 13:12-15)

Veja que a aplicação do ensinamento de lavar os pés se aplica mutuamente entre os discípulos de Cristo e a ordem é que cada um lave os pés de seu irmão, ou seja, cada um sirva com humildade assim como o Senhor nos serviu!

Conclusão

Na comunidade de irmãos que professam a fé genuína em nosso Senhor Jesus Cristo, não há espaço para altivez, arrogância, presunção, orgulho, vaidade, soberba, convencimento, imodéstia, petulância, importância, pedantismo, ego, narcisismo que são antônimos de humildade! O Servo de Jesus Cristo deve ser humilde com o seu Senhor e evidenciar em sua vida as marcas de Cristo!

Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus. (Mateus 18:4)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *